Brigas entre cães da mesma casa. Por onde começar a reconstrução de relacionamento?

Olá pessoal! Para vocês que acompanham meus vídeos sabem que eu falo frequentemente sobre minha preocupação com casos de cães da mesma casa que brigam. Esses são casos comuns, que tem aparecido cada vez mais. 

Hoje eu compartilho com vocês mais um artigo escrito por Ted Efthymiadis, um profissional excelente do Canadá, que construiu sua reputação por sua habilidade de trabalhar com casos difíceis. Vejam seu relato sobre esse assunto e como ele orienta o início do processo de reconstrução de relacionamento, considerando pontos e alternativas muitas vezes bem polêmicos, mas muito reais. Boa leitura!

Para ler o texto original em inglês, clique aqui


Nas últimas 24 horas, recebi três telefonemas de proprietários de cães que têm 2 ou 3 cães em casa que estão brigando. Este blog irá dissecar o problema e, esperamos, equipá-lo para descobrir os passos a seguir.

Dois cães que vivem com uma ou mais pessoas são um bando, e três cães que vivem com uma ou mais pessoas são um super bando. As linhas podem ser facilmente borradas neste casamento misto de cães e humanos. Como pessoas, não vemos as coisas como os cães, já que claramente, eles são uma espécie diferente. Aqui está a coisa, o seu cão não dá a mínima para o quanto você os ama se você não pode nem mesmo dar-lhes um lugar seguro para se viver.

Então, o que é um lugar seguro? Uma casa livre de conflitos constantes, uma casa que tem alguém que está realmente dando as ordens. Mais frequentemente do que não, os donos de cães bem-intencionados que me chamam, gastaram quantias incríveis de tempo e dinheiro em seus cães, mas não pensaram em avaliar se seus cães sentem que têm a estrutura adequada e segura que precisam para prosperar. Camas novas, a melhor comida e nenhum pensamento para estruturar o convívio. Uma pena.

Muitas vezes, esses donos de cães têm regras zero para seus cães e zero consequências negativas. Veja, quando você tem um bando ou super bando, você precisa de alguém para ser o árbitro desse jogo. Se jogos como o futebol têm regras, por que as pessoas parecem pensar que podem conseguir ter um bando de humanos e cães vivendo em harmonia sem regras?

Sem ordem, a arrogância e o ciúmes começam a mostrar suas cabeças feias, e isso geralmente é o que leva às lutas de cães.

Como treinador de cães, tenho que entrar e realinhar completamente como esses cães e as pessoas que ali vivem. Desculpe cliente, mas os dias de ser uma figura puramente amorosa acabaram, se você quiser manter seus cães. Hora de intensificar o jogo. E pare de dar desculpas para seus cães, com certeza ele é um resgatado... mas isso não resolve o problema, é apenas uma muleta mental.

Uma das coisas mais importantes que você pode aprender como proprietário é poder ver o "olhar fatal". O "olhar fatal" é o olhar rápido que um cachorro dá antes de começar a luta. Você pode pensar nisso como uma forma sutil de comunicar um ataque pessoal. Perceber esses pensamentos malígnos é extremamente importante se você pretende que seus cães vivam harmoniosamente. Você provavelmente vai querer chamar um instrutor de cães para ajudá-lo a perceber essas sugestões, muitas vezes sutis.

Depois de algumas lutas, a maioria dos cães não desdenha uns pelos outros, mas, se passar muito tempo, os resultados são catastróficos. Após 5 ou 6 lutas, muitas vezes a coisa não é reparável e, em seguida, uma decisão muito difícil deve ser tomada:

1. Recolocar um ou mais dos cães.

Se isso for sugerido, muitas vezes é completamente descartado da mesa pelos proprietários. Esta é uma reação emocional do proprietário que está sendo incrivelmente egoísta. "Não, nunca poderíamos fazer isso". Ok, então permita que seu melhor amigo viva em uma casa onde ele odeia viver porque ele é atacado o tempo todo... parece uma arena que guerra. Eu não posso falar com os cães, mas se eu fosse perguntar a eles, eu diria que muitos deles, nesta situação, gostariam de sair dessa casa perigosa e sem estrutura.

2. Comprometer-se com a formação e manutenção de um treinamento a longo prazo para evitar que os cães briguem.

Se a situação for tão longe que os cães se odeiam, o seu treinamento não será de remendar o relacionamento, será manter os cães seguros e ensiná-los a coexistir. Desculpem ser tão direto com você, mas quando você tem predadores vivendo em sua casa, que querem ferir-se ou matar-se seriamente, esperar que eu possa magicamente pegar os cães e coloca-los juntos novamente não costuma ser realista.

Como mencionado, os proprietários precisam intensificar o tempo produtivo de treinos, mas eu também quero ressaltar o conceito de arrogância e como isso funciona em todo esse quadro. Sim, os cães precisam de mais estrutura e sim os donos precisam se dedicar, mas quando os cães crescem em uma casa sem estrutura, às vezes eles podem desenvolver a arrogância. Normalmente, essa arrogância é promovida em uma idade jovem, quando os recursos não são protegidos adequadamente. Um cachorro pode roubar brinquedos, comida, atenção do outro, etc., sem que os humanos corrijam esses comportamentos arrogantes.

Recursos (ossos, brinquedos, comida, pessoas, atenção, água, bastões, camas, móveis) são quase sempre onde você vê as lutas acontecerem. Um cachorro está sendo acariciado, e o outro fica com ciúmes, etc.

Uma outra coisa que tenho visto ao longo dos anos com esses cães e situações é a frequência com que o cliente está incorreto em sua avaliação de qual cão é o instigador. Todo cliente dirá "É Rover" e, para o olho destreinado, isso faria sentido. Muitas vezes não é Rover, é Remington. Ele está sutilmente jogando sombra sobre a Rover e Rover não aguenta mais. Isso nem sempre é o caso, mas tem cerca de 60% de precisão, por isso vale a pena pensar.

Se esta é a sua vida HOJE, comece fazendo estas coisas:

1. Não permita que seus cães estejam juntos a menos que estejam na guia e com alguém forte e capaz segurando. Muitas vezes as coisas vão de mal a pior porque o cliente não consegue racionalizar como é mais benéfico manter os cães afastados até que a coisa possa ser abordada, o que muitas vezes acaba em outra briga.

2. Não se atreva a colocar as mãos no meio de uma briga de cães. Deixe-me dizer isso de novo. Não se atreva a colocar as mãos no meio de um duelo! Dois cães não vão se matar em 3 segundos, a menos que seja um dogue alemão e um cão muito fraco e pequeno, então pare, pense em uma maneira segura de prosseguir e reagir. A quantidade de vezes que tive pessoas chegando com cicatrizes insanamente longas em suas mãos e braços é perturbadora, para dizer o mínimo. Algumas dessas pessoas literalmente não podem mais trabalhar porque não conseguem mais segurar um martelo ou digitar em um computador. Não coloque suas mãos lá, você pode realmente sentir muito.

3. Vá a uma loja de ferragens local e compre pelo menos 6 buzinas de barco. Tenha um em cada sala principal da sua casa. Se uma briga começar, você pode parar, pensar por um momento, pegar a buzina do barco e acionar. Essa técnica muitas vezes se tornará menos eficaz depois de ser usada mais do que algumas vezes, então saiba disso. É a natureza inesperada dos sons agudos que podem impedir a maioria das lutas.

4. A focinheira não funciona a menos que você treine seu cão adequadamente. Muitos cães ainda tentam morder com a focinheira, e isso só aumenta a probabilidade de os cães se odiarem.

5. Mantenha os cães em caixas de transporte ou salas separadas quando você não está em casa. Ambos os cães podem estar em caixas de transporte, mas cada caixa em uma sala ou ambiente diferente. Cães podem começar com ódio muito apaixonado com os olhos, então é melhor não deixá-los nas caixas onde eles possam ver um ao outro.

Se você está lendo isso e seus cães estão brigando, você perdeu muita coisa que deveria ter sido abordada ao longo do caminho, enquanto os cães cresciam e amadureciam juntos. Dito isto, provavelmente você deve procurar um treinador de cães que trabalhe com esses casos para ajudá-lo a navegar nessas águas traiçoeiras. Isso não é um treinamento simples para cães, como ensinar um cachorro a se sentar. Os custos são muito altos se as coisas não saírem conforme o planejado. Vai custar uma pequena fortuna para fazer isso direito, então você precisa estar preparado para isso, porque esses problemas levam muito tempo para superar e exigem um especialista.

Ted Efthymiadis

Veja abaixo o texto original na página do Facebook.